Meu Pai

HOJE, LEMBREI-ME DE TI,

POIS O TEMPO É IMPLACÁVEL

HOJE, LEMBREI DE TI

E PARA MINHA INFELICIDADE,

LEMBREI DE UM JEITO DISTANTE.

LEMBREI DOS TEUS PERFUMES,

DO TEU JEITO DE FAZER A BARBA E

DO TEU SORRISO.

E PRÁ TEU ESPANTO, SOU UMA CÓPIA QUASE FIEL

DE COMO TU ERAS.

PRÁ TEU MAIOR ESPANTO, AINDA,  ESTOU BEM PERTO DO QUE TU QUERIAS.

HOJE LEMBREI DOS CONSELHOS, DAS COBRANÇAS, DAS

FRASES DE CALIGRAFIA.

HOJE LEMBREI DO RÁDIO DE PILHA,

DA PÁSCOA, DO JEITO DE ME ACORDAR ÀS 7:15,

IMPLACÁVEL, CRONOMETRADO, COM PONTUALIDADE

BRITÂNICA.

RECORDEI DO ESCOVAR OS DENTES…

COMO A VIDA É INJUSTA,

SEMPRE NOS DÁ A CERTEZA DESPOIS QUE TUDO JÁ PASSOU.

TU ESTAVAS CERTO, EM TUDO

EU, QUE SIMPLESMENTE, NÃO ACREDITEI.